Quarta-feira, 25 de Janeiro de 2012

Crescendo hatudu talentu husi joven timor-oan sira


“Crescendo”  hanesan programa muzikal ida ke aprezenta íha semana rurua "em directo" íha TVTL. Palku ba atuasaun íha kedas RTTL-nia fatin, ida ne´é hanesan  oportunidade ida ba fo hatene konaba saida mak halo diak liu ona íha Timor-Leste liu liu konaba múzika.


 

Pop/Rock, heavy metal, hip-hop, mak hanesan estilu muzikal be bele rona no lalakon ho saida mak íha rai liur halo. Artista Timor-oan sira hananu barak liu ho tétun, maibe lahusik  mos  (maske ho eskala kiik) bahasa indonézia, portugés no inglés.

Íha Sábadu liu ba, loron 21, banda sira hanesan Nanal Metan, Ex Cruz, Black Box no Ogan anima ema atus ba atus ke marka prezensa íha programa no maske ho udan bo´ot íha lorokraik ne´é lahases sira.

 

 

                             

 
Programa ne´é  aprezenta husi joven Timor-oan na´in tolu, Maria Fátima Lay, Gracie no Cristien Lopes no sei hatudu íha televizaun íha Sábadu husi tuku 19.00 to´o tuku 20.30.

 

 

 

 

 

 

 


publicado por Eskalabis às 10:35
link do post | comentar | ver comentários (2) | adicionar aos favoritos

"Crescendo" mostra os talentos dos jovens timorenses


“Crescendo”  é um programa musical apresentado quinzenalmente em directo na TVTL. Tendo como palco o próprio espaço da RTTL, esta é uma oportunidade para dar a conhecer o que de melhor se faz em Timor-Leste no que à música diz respeito.


 

Pop/Rock, heavy metal, hip-hop, são alguns dos estilos musicais que se podem ouvir e que em nada ficam a dever ao que se faz lá for a. Os artistas timorenses cantam na sua maioria em tétum, não deixando de lado (mas em menor escala) o bahasa indonésio, o português e o inglês.

No passado Sábado, dia 21, bandas como Nanal Metan, Ex Cruz, Black Box e Ogan animaram as centenas de pessoas que marcaram presença no programa e nem a chuva forte de fim de tarde os demoveu.

 

 

                             

 
O programa é apresentado por três jovens timorenses, Maria Fátima Lay, Gracie e Cristien Lopes e vai para o ar aos Sábados das 19h às 20h30.

 

 

 

 

 

 

 


publicado por Eskalabis às 10:24
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Sexta-feira, 20 de Janeiro de 2012

Komunidade Hakka íha Timor



  Íha komunidade Hakka ida ke relativamente bo´ot no mos vibrante íha Timor-Leste antes invazaun indonézia íha 1975. Tuir estimativa husi asosiasaun xineza lokal Timor-oan sira katak, populasaun Hakka, íha 1975, besik ema na´in 25.000 (inklui mos minoria kiik ida husi etnia xineza seluk husi  Macau). Durante invazaun, barak mak mate. Tuir fonte ida hatete katak, Hakka besik na´in  700 mak mate íha det  primeira semana ba invazaun íha Díli deit. Sem númeru ida ke klaru katak Hakka na´in hira mak evakua ba no halai ba Austrália. Ba asosiasaun be foin mak harii fila fali  ba Hakka sira rejista besik  ema na´in 2.400 mak resta (família 400, inklui mos parte família Timor) íha Timor-Leste.

Hakka sira íha diáspora namkari íha Darwin, Teritório Norte, no mos sidade bo´ot seluk íha Austrália hanesan Brisbane, Sydney no Melbourne,  hanesan mos iha  Portugal, Macau no parte mundu seluk tan. Sira hanesan ema matenek na´in  husi kedas Timor no barak mak kontinua sira-nia estudu íha Taiwan ka íha Xina, no ba jerasaun foun barak mak estuda íha Austrália.

 

Moris hanesan refujiadu husi Timor íha Australia ba  Hakka sira lafásil. Lori tempu narauk atu governu australianu halo avaliasaun ba pedidu aziliu  polítiku hodi bele estabelese katak sira ne´é refujiadu tebes duni no la´os imigrante ilegal, no mos relasiona ho situasaun polítika íha Timor-Leste durante tempu ne´é.

 

Tamba laíha rai aziátiku seluk mak hakarak atu simu sira hanesan rezidente , nen atu fo estautu aziliu politiku ba Hakka no Tiomor-oan seluk, be tenki hela hanesan ema rai laíha durante tempu narauk.


Maske ho kondisaun hanesan ida ne´é, Hakka barak mak hetan susesu íha negósiu nia laran íha liur hanesan íha Australia, sira estabelese kadeia restaurante, loja, supermerkadu no operasaun importasaun-nian no barak tan.

 

Husi kedas independénsia Timor-Leste nian íha 2000, família Hakka barak mak fila ba Timor-Leste hodi aposta íha dezenvolvimentu rai-laran nian.

 

Timor Plaza hanesan sentru komersial be foin mak harii husi família Jap Kong Su,

ka família Hakka ida ke koñesidu liu ona íha Timor no mos íha  Austrália.

 

 

 

 

Mai haree vídeo hirak tuir mai ne´é konaba lian hakka-timor nian no jovem hakka-timor oan sira:

 

 


 

 

 

Fonte: Wikipedia



publicado por Eskalabis às 16:32
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Comunidade Hakka em Timor



Houve uma comunidade Hakka relativamente grande e vibrante em Timor-Leste antes da invasão indonésia em 1975. De acordo com estimativa da associação chinesa local timorenses, a população Hakka, em 1975, foi estimada em cerca de 25.000 (incluindo uma pequena minoria de etnia chinesa outras de Macau). Durante a invasão, muitos foram mortos. De acordo com um fonte, foi estimado que cerca de 700 Hakka foram mortos na primeira semana da invasão de Díli sozinho. Sem números claros haviam sido registrados desde Hakka muitos evacuados e fugiu para a Austrália. Recente re-estabelecimento de associações Hakka registrados cerca de cerca de 2.400 Hakkas restantes (400 famílias, incluindo famílias timorenses parte) em Timor-Leste.

Os Hakka na diáspora estão espalhados em Darwin, Territorio do Norte, e outros em grandes cidades da Austrália como Brisbane, Sydney e Melbourne,  também como Portugal, Macau e outras partes do mundo. São uma comunidade instruida ja dentro do páis e muitos continuaram os estudos em Taiwan ou na China, enquanto da geração mais nova estudam na Austrália.

 

A vida como refugiados de Timor na Australia para os Hakka não foram fácil. Levou alguns tempos para que o governo australiano avaliar o pedido de asilio político a fim de estabelecer  que são verdadeiros refugiados e os imigrantes não-ilegal, como parcialmente relacionadas com a situação política em Timor-Leste durante esse tempo.

 

Pois nenhum outro país asiático estava disposto a aceitá-los como  residentes, nem para conceder o estatuto de asilio político a Hakka desalojados e tambem aos outros timorenses, que foram forçados a viver sem pátria por muito tempo.


Apesar desta condição, muitos Hakka tornaram-se um sucesso em termos de negócios fora de Timor como na Australia, onde estabeleceram cadeias de restaurantes, lojas, supermercados e operações de importação.

 

Desde a independência de Timor Leste em 2000, algumas famílias Hakka regressaram a Timor-Leste e apostam no desenvolvimento do país.

 

Timor Plaza o mais recente centro comercial estabelecido pelo familia de Jap Kong Su

um dos mais conhecidos familias hakkas em Timor e tambem na Austrália.

 

 

 

 

Veja os seguintes vídeos sobre a língua de hakka-timorense e os jovens hakka-timorenses:

 

 


 

 

 

Fonte: Wikipedia



publicado por Eskalabis às 15:22
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Quinta-feira, 12 de Janeiro de 2012

Imajen aérea foun be foin fó sai husi tsunami be halo devastasaun íha kosta Japaun

Liu tiha fulan sanulu husi akontesimentu tsunami be halo vevastasaun íha kosta Japaun, polísia husi Iwate divulga sai imajen aérea momentu be tasi bo´ot atinji sidade  Ofuna no Rikuzentaka íha marsu 2011. Rai nakadoko, be tuir kedas ho tsunami, provoka ema mate to´o besik ema rihun 20.

 

 


publicado por Eskalabis às 11:30
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Divulgadas novas imagens aéreas do tsunami que devastou a costa do Japão

 

 

Dez meses depois do tsunami que devastou a costa do Japão, a polícia de Iwate divulgou imagens aéreas do momento em que ondas gigantes atingiram as cidades de Ofuna e Rikuzentaka em março de 2011. O sismo, seguido de tsunami, provocou a morte de cerca de 20 mil pessoas.

 

 


publicado por Eskalabis às 11:24
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Terça-feira, 3 de Janeiro de 2012

Universidade Nacional de Timor Lorosae procura docentes

 

A Universidade Nacional de Timor Lorosa’e (UNTL), com sede em Díli, torna público o objectivo de contratar para o ano letivo de 2012, em regime temporário, docentes lusófonos interessados em atuar como professor do ensino Ssuperior, em cursos de bacharelato e licenciatura.
 

A atividade dos docentes assim recrutados não inclui docência na pós-graduação e visa cumprir objetivos traçados pela UNTL, entre os quais:
- Difundir a língua portuguesa como veículo de ensino, por meio da ampliação do corpo docente lusófono e da paulatina capacitação dos seus quadros no referido idioma
- Apoiar a formulação e implementação de novas diretrizes curriculares.

Com este propósito, a UNTL estabeleceu um acordo de cooperação com a Fundação das Universidades Portuguesas (FUP), com sede em Coimbra, para o apoio no processo de seleção e preparação dos docentes recrutados. Por meio do presente Edital, a UNTL e a FUP estabelecem as normas relativas a este processo de seleção.

- Vagas oferecidas:
Serão selecionados 15 docentes, para lecionar três disciplinas por semestre, durante dois semestres, em cursos de graduaçãoda UNTL.

A permanência em Timor-Leste será de dez meses, de Fevereiro a
Novembro de 2012 (com paragem em Julho).

- Requisitos para candidatura:
Poderão participar docentes Doutorados ou com Mestrado com, preferencialmente, dois anos de experiência docente comprovada na área em que se candidata. Espera-se do candidato:

- Comprometimento, interesse, respeito pela riqueza multicultural e linguística do espaço Timorense
- Disposição para lecionar três disciplinas em cada um dos dois semestres, aos alunos dos cursos de Licenciatura e Bacharelato da UNTL
-  Participação efetiva na preparação do material académico e na revisão dos programas de estudo dos respectivos cursos
- Capacidade de lidar com situações desafiadoras e de adaptar-se a realidades distintas nos diversos âmbitos da vida sociocultural timorense
- Compromisso com o incentivo e a prática da Língua Portuguesa como veículo de cultura e de desenvolvimento científico e tecnológico em Timor-Leste.


- Atribuições dos docentes:

 Ter disponibilidade para viajar para Timor-Leste na última quinzena de Janeiro de 2012


- A todos os docentes caberá atuar com responsabilidade, disciplina, iniciativa, assiduidade, comprometimento, respeito à hierarquia da UNTL e cordialidade com os demais docentes e população em geral


-  Estudar previamente a matriz curricular do curso em que atuará, delineando, ainda em Portugal com a supervisão da FUP, passos básicos para o desempenho das suas atividades docentes (incluindo a pesquisa bibliográfica)


- Participar de maneira efetiva na preparação do material académico e na revisão dos programas de estudo dos respetivos cursos


- Tomar, por sua responsabilidade, as providências quanto às vacinas que são recomendadas; emissão do passaporte; aquisição de eventuais vistos de trânsito, bem como outras providências pessoais para o cumprimento da atividade em Timor-Leste


- Na eventualidade de ocorrência de revogação da concessão da docência motivada por ação ou omissão dolosa ou culposa, o contratado deverá ressarcir a UNTL de todo o investimento feito, conforme prevê o Contrato a ser celebrado.


- Benefícios dos docentes:

Serão custeados integralmente pela UNTL:


- Mensalidade de US$ 3.500, paga em Timor Leste, exclusivamente nos meses de efetiva permanência no território Timorense.
- Passagem aérea (em classe económica) de ida e volta do Porto/Lisboa para
Díli e regresso.

- Seleção e preparação:

A seleção e preparação serão realizadas em quatro etapas, conforme se descreve:


1ª etapa – Aceitação de candidaturas;


2ª etapa – Pré-seleção de 30 candidatos com base na carta de interesse e
curriculum dos candidatos inscritos;


3ª etapa – Seleção dos 15 contratados com base na entrevista;


4ª etapa - Preparação dos 15 docentes contratados pela realização de um workshop preparatório.

 

 

 

 

 

 

- Calendário


Datas limite:


1ª etapa – até 11 de Janeiro.


2ª etapa – até 13 de Janeiro indicação dos pré-selecionados.


3ª etapa – até 17 de Janeiro realização de entrevistas e indicação dos selecionados.


4ª etapa – até 27 de Janeiro realização do workshop de preparação.


1ª e 2ª etapas:

As candidaturas serão realizadas exclusivamente via internet, pelos e-mails:
m.pimentel@fup.pt ; fup@fup.pt ou j.abrantes@fup.pt com conhecimento (CC:
amaral@dsi.uminho.pt).

A mensagem deve ser remetida do endereço de contacto e
deve ter como assunto apenas o nome completo do candidato. Em anexo à mensagem devem ser juntos os documentos:
- Formulário de candidatura (Anexo II deste Edital). Preencher, assinar e enviar em formato .pdf.
. O CV em formato .pdf apenas no caso de não ter o CV na plataforma DeGóis
(http://www.degois.pt/).
- Carta de interesse e motivação (até um máximo de 1000 palavras) em
formato .pdf.

A submissão de uma candidatura implica o conhecimento e a aceitação das normas e condições estabelecidas neste edital, das quais o candidato não poderá alegar desconhecimento ou discordância.

As informações prestadas são da inteira responsabilidade do candidato, reservando-se à parceria UNTL-FUP o direito de excluir o candidato se a documentação requerida for apresentada incompleta, incorreta, inconsistente ou fora dos prazos.

3ª etapa:

Os 30 candidatos pré-selecionados na 2ª etapa serão convocados, pelo e-mail que utilizaram para a submissão da candidatura e por aviso no sítio da FUP
(http://www.fup.pt/), para uma entrevista em data e horário a indicar. Estes serão também os canais utilizados para comunicar os resultados finais, a lista dos selecionados.

4ª etapa:

Os 15 docentes selecionados na 3ª etapa serão convocados para um workshop de preparação par o contexto específico em que irão desempenhar as suas atividades. O conteúdo será centrado em questões culturais, condições de vida e particularidades do processo de ensino-aprendizagem em Timor Leste, respeitando o conhecimento dos selecionados nas suas áreas específicas, bem como a sua capacidade de preparação autónoma de planos de aulas e demais materiais pedagógicos.


Casos omissos e informações complementares:

Situações não contempladas neste edital, expostas por via e-mail aos endereços antes indicados, serão decididas conjuntamente pela UNTL-FUP. Os mesmos endereços podem ser utilizados para a obtenção de esclarecimentos ou informações complementares.

Considerações finais:

Os candidatos, de acordo com o presente edital, declaram ser conhecedores das normas e condições do programa.
O contrato de trabalho a ser celebrado é da responsabilidade integral da UNTL, pelo que não cabe nenhuma responsabilidade dessa contratação à FUP, para além da seleção e preparação dos docentes.

Caso o candidato possua qualquer outro contrato de trabalho, é da sua
responsabilidade as providências para a sua suspensão ou manutenção desse contrato, com ou sem vencimento.



- Vagas para docentes


2 para o ensino da língua portuguesa


1 para o ensino de engenharia mecânica


1 para o ensino de engenharia civil


1 para o ensino de engenharia elétrica


2 para o ensino de agronomia


2 para o ensino de Agropecuária


2 para o ensino de Agroeconomia


2 para o ensino de Enfermagem


2 para o ensino de Parto

 


– Formulário de candidatura
- Nome

- Grau académico mais elevado
- Data de nascimento
- Endereço de e-mail para contato oficial
- Vagas a que concorre

Declaro que li o Edital de Seleção e que concordo com as regras nele estipuladas.

Assinatura e Data.

----------------------------------------------------------------

Consulte tambem os documentos clicando aqui

 

 


publicado por Eskalabis às 16:09
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

post foun

Pasatempu "TT Toke Stars"

Passatempo "TT Toke Stars...

Reuniaun komunidade portu...

Regulamento do Passatempo...

Regulamentu hosi Pasatemp...

Ami Muda Ona Fatin

II Semináriu kona-ba Dire...

II Seminário sobre Direit...

Lusoafinidades - Concerto...

Luke Alkatiri felicita o ...

arquivos

Junho 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Outubro 2010

Setembro 2010

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds