Sexta-feira, 20 de Janeiro de 2012

Comunidade Hakka em Timor



Houve uma comunidade Hakka relativamente grande e vibrante em Timor-Leste antes da invasão indonésia em 1975. De acordo com estimativa da associação chinesa local timorenses, a população Hakka, em 1975, foi estimada em cerca de 25.000 (incluindo uma pequena minoria de etnia chinesa outras de Macau). Durante a invasão, muitos foram mortos. De acordo com um fonte, foi estimado que cerca de 700 Hakka foram mortos na primeira semana da invasão de Díli sozinho. Sem números claros haviam sido registrados desde Hakka muitos evacuados e fugiu para a Austrália. Recente re-estabelecimento de associações Hakka registrados cerca de cerca de 2.400 Hakkas restantes (400 famílias, incluindo famílias timorenses parte) em Timor-Leste.

Os Hakka na diáspora estão espalhados em Darwin, Territorio do Norte, e outros em grandes cidades da Austrália como Brisbane, Sydney e Melbourne,  também como Portugal, Macau e outras partes do mundo. São uma comunidade instruida ja dentro do páis e muitos continuaram os estudos em Taiwan ou na China, enquanto da geração mais nova estudam na Austrália.

 

A vida como refugiados de Timor na Australia para os Hakka não foram fácil. Levou alguns tempos para que o governo australiano avaliar o pedido de asilio político a fim de estabelecer  que são verdadeiros refugiados e os imigrantes não-ilegal, como parcialmente relacionadas com a situação política em Timor-Leste durante esse tempo.

 

Pois nenhum outro país asiático estava disposto a aceitá-los como  residentes, nem para conceder o estatuto de asilio político a Hakka desalojados e tambem aos outros timorenses, que foram forçados a viver sem pátria por muito tempo.


Apesar desta condição, muitos Hakka tornaram-se um sucesso em termos de negócios fora de Timor como na Australia, onde estabeleceram cadeias de restaurantes, lojas, supermercados e operações de importação.

 

Desde a independência de Timor Leste em 2000, algumas famílias Hakka regressaram a Timor-Leste e apostam no desenvolvimento do país.

 

Timor Plaza o mais recente centro comercial estabelecido pelo familia de Jap Kong Su

um dos mais conhecidos familias hakkas em Timor e tambem na Austrália.

 

 

 

 

Veja os seguintes vídeos sobre a língua de hakka-timorense e os jovens hakka-timorenses:

 

 


 

 

 

Fonte: Wikipedia



publicado por Eskalabis às 15:22
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

post foun

Pasatempu "TT Toke Stars"

Passatempo "TT Toke Stars...

Reuniaun komunidade portu...

Regulamento do Passatempo...

Regulamentu hosi Pasatemp...

Ami Muda Ona Fatin

II Semináriu kona-ba Dire...

II Seminário sobre Direit...

Lusoafinidades - Concerto...

Luke Alkatiri felicita o ...

arquivos

Junho 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Outubro 2010

Setembro 2010

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds